CF Felippe Cardoso

Av. Nossa Senhora da Penha, 42 - Penha - Rio de Janeiro - RJ | CEP: 21070-390
☎ Telefone: (21) 3977-7661 / (21) 98464-0393
Funcionamento: Segunda-feira a Sexta-feira das 07h às 19h - Sábado das 08h às 12h
Gerente: Janaina Balmant | CNES 6664075 - ESF: 13 | ESB: 06

COMO CHEGAR FALE CONOSCO

Serviços e Metas

Acolhimento

Orientações sobre o nosso atendimento.

Saiba Mais

Nossas Metas

Ações em prol de assegurar a saúde com qualidade.

Saiba Mais

Multimídia

Acesso ao conteúdo audiovisual da unidade.

Saiba Mais

Nossa Equipe

Nossos profissionais e território de atuação

Saiba Mais

Postagens Recentes

segunda-feira, 30 de abril de 2012

30 de abril - Dia Nacional da Mulher.

30 de abril - Dia Nacional da Mulher.

Foi no dia 30 de abril que nasceu a fundadora do Conselho Nacional da Mulheres, Sra. Jerônima Mesquita. Como homenagem àquela extraordinária mulher, grande filantropa, foi escolhido o dia de seu nascimento para se comemorar o Dia Nacional da Mulher.
Derrubaram-se tabus, obstáculos foram vencidos, a ocupação dos espaços foi iniciada. Graças à coragem de muitas, as mulheres conquistaram o direito ao voto, a chefia dos lares, colocação profissional, independência financeira e liberdade sexual. Apesar de válidas, essas aberturas ainda são uma gota num oceano de injustiças e preconceitos.
No último século, o movimento feminista contribuiu imensamente para a efetivação das conquistas das mulheres. Embora muito tenha sido feito, as respostas às questões femininas são pouco eficazes, já que os homens ainda detêm a hegemonia em diversos setores sociais. As politicas públicas ainda devem muitos feitos à população feminina.
Prova da necessidade de maior reconhecimento da mulher é a própria institucionalização de uma data-homenagem; se a sociedade efetivamente tivesse incorporado a idéia de que os dois sexos estão em pé de igualdade, não haveria necessidade de se criar um dia para lembrá-la; seria uma atitude inútil e redundante.
A busca incessante por um lugar ao sol está apenas começando. As mulheres seguem às voltas com os mais variados tipos de violência: no lar, no trabalho e na sociedade. São vítimas, na maioria das vezes silenciosas e indefesas, de agressões físicas, sexuais e psicológicas de todos os tipos e intensidades. E de outras tantas formas de violência, bem mais sutis, embora não menos perversas, como a desvalorização no mercado de trabalho (recebendo salários sempre menores do que os homens que exercem as mesmas funções), as dificuldades de ascensão a postos de comando (nas empresas e na política) e a dupla jornada, entre outras tantas.
Ao contrário do que se possa pensar, não é necessária uma "Guerra dos Sexos" para que o quadro de injustiças se reverta. Sem destituir-se de sua feminilidade, as mulheres podem engajar-se numa luta forte, mas não necessariamente agressiva. Provar ao mundo que não é necessário se revestir de um invólucro masculino para intimidar seus oponentes. A força feminina é suave e poderosa por si só.
A história de lutas e conquistas de tantas mulheres, muitas delas mártires de seu ideal, no decorrer de quase dois séculos, leva a humanidade a iniciar um novo milênio diante da constatação de que ela buscou e conquistou seu lugar. Mais que isso, assegurou seu direito à cidadania, legitimando seu papel enquanto agente transformador.
A Clínica da Família Dr. Felippe Cardoso deseja à TODAS AS MULHERES, deste imenso Brasil um Dia de muita Saúde, Força e coragem para continuar a luta das conquistas.

domingo, 29 de abril de 2012

Sexualidade com Responsabilidade

Sexualidade com Responsabilidade



Projeto: Sexualidade,

Com Responsabilidade
1º Encontro
10/05/2012







quinta-feira, 26 de abril de 2012




O que é a Hipertensão Arterial?


Hipertensão arterial ou pressão alta ocorre
quando a pressão sistólica (pressão arterial quando o coração se contrai bombeando
o sangue) em repouso é superior a 140 mm Hg ou quando a pressão diastólica
(quando o coração relaxa entre duas batidas) em repouso é superior 90 mm Hg
ou ambos.


A hipertensão, embora pouco conhecida, atinge uma média de 20% a 25% da população
brasileira, sendo que esta estatística sobe para 50% nas faixas etárias mais
avançadas. A Organização Mundial de Saúde (OMS) apontou-a como uma das 10
principais causas de morte no mundo. Além disso, a hipertensão é um fator
agravante para as doenças cardiovasculares – a número um em causa de
mortes no planeta.


Por ser um grave problema na idade adulta é que a prevenção deve começar
desde a infância. Irritabilidade, ganho de peso e crescimento inadequados,
cansaço excessivo durante as mamadas e os exercícios físicos são sintomas
da Hipertensão Arterial. Porém, na maioria dos casos, a criança não apresenta
indícios da doença.



Tipos de hipertensão


Existem dois tipos de hipertensão arterial (HA): hipertensão
primária e secundária. A HA primária caracteriza-se por não apresentar uma
causa conhecida, enquanto na HA secundária já é possível identificar uma causa
para a hipertensão, como por exemplo problemas renais, problemas na artéria
aorta, tumores (feocromocitoma) e algumas doenças endocrinológicas.



Diagnóstico


O ideal é medir a pressão pelo menos a cada seis meses, ou com intervalo
máximo de um ano. Assim é possível se diagnosticar a doença tão logo ela surja.
A pressão considerada normal está abaixo de 13 por 8,5. A faixa de risco está
entre 13 por 8,5 e 13,9 por 8,9. Hipertenso é todo indivíduo que tenha pressão
igual ou acima de 14 por 9.



Prevenção


Como medida de prevenção, deve-se controlar os fatores de risco, como o excesso
de peso, sedentarismo, elevada ingestão de sal, baixa ingestão de potássio
e consumo excessivo de álcool e, em alguns casos, intolerância à glicose e
diabete, tabagismo, estresse e menopausa.


A doença tem tratamento, mas não cura, o que acaba onerando, em muito, os
gastos pessoais do doente e o investimento do serviço público de saúde.


Doença silenciosa, ela ocorre porque os vasos nos quais o sangue circula
se contraem e fazem com que a pressão do sangue se eleve. Essa elevação da
pressão acaba causando danos à camada interna dos vasos, fazendo com que se
tornem endurecidos e estreitados, podendo, com o passar dos anos, entupir
ou romper-se. Isso pode levar a problemas sérios, como Angina e Infarto,"derrame
cerebral" ou AVC, e a paralisação dos rins.


Fonte: hcnet.usp



Dia Nacional de Prevenção e Combate à Hipertensão


LEI Nº 10.439, DE 30 DE ABRIL DE 2002.



Institui o Dia Nacional de Prevenção e Combate à Hipertensão
Arterial e dá outras providências.


O PRESIDENTE DA REPÚBLICA Faço saber que o Congresso Nacional
decreta e eu sanciono a seguinte Lei:


Art. 1º É instituído o "Dia Nacional
de Prevenção e Combate à Hipertensão
Arterial", a ser comemorado
anualmente no dia 26 de abril, com o objetivo de conscientizar
a população sobre o diagnóstico preventivo e o tratamento da doença.


Art. 2º Na semana que antecede ao dia fixado
no art. 1º, o Ministério da Saúde é autorizado a desenvolver, em todo o território
nacional, campanhas educativas de diagnóstico preventivo da hipertensão arterial
e de doenças cardiovasculares em geral.


Art. 3º Esta Lei entra em vigor na data de sua
publicação.


Brasília, 30 de abril de 2002; 181º da Independência e 114º da
República.


FERNANDO HENRIQUE CARDOSO


Barjas Negri


D.O.U. de 2.5.2002

sexta-feira, 13 de abril de 2012

Caminhada Contra a Dengue na área da equipe Regina.

Caminhada Contra a Dengue na área da equipe Regina.

Hoje (13.04) um grupo de Agentes de Vigilância de Saúde fizem uma busca na área da equipe Regina atrás  de possíveis focos do mosquito da DENGUE. Foram encontradas vários focos com larvas no qual serão analisadas. Os moradores foram informados e receberam instruções para não deixarem recipientes com água parada e para ficarem sempre em alerta para os possíveis focos de reprodução dos mosquitos. Os ovos depositados nos recipientes que acumulam água são muito resistentes. Podem ficar até um ano no seco, aguardando a primeira chuva ou acúmulo de água para, então, se transformarem em larvas e mosquitos.

Elimine a água parada.

NÃO SE ESQUEÇA: VOCÊ É ESSENCIAL NO COMBATE À DENGUE.

























Equipe de AVS e ACS na busca ativa





quinta-feira, 12 de abril de 2012

Fazendo Arte.

Fazendo Arte.



 Na última quarta-feira (11/04), tivemos no Espaço Lúdico da CF Felippe Cardoso uma oficina para produção de "Massinha" artesanal. Isso mesmo, "Massinha" à partir da Farinha, Óleo e Sal.
Como sempre, as crianças fizeram a festa (e um pouquinho de sujeira também), e no final, levaram um bom pedaço pra casa. Dá uma olhadinha nas fotos.
PS: Lembrando que em breve teremos mais Oficinas como essa. Não perca, traga as crianças. 






Agentes de Saúde e de Vigilância fazem bloqueio contra a Dengue na comunidade do Grotão.

Agentes de Saúde e de Vigilância fazem bloqueio contra a Dengue na comunidade do Grotão.

Um grupo de Agentes da Clínica da Família Dr. Felippe Cardoso (Agentes Comunitário e Agentes de Vigilância em saúde) fizeram nesta data, 12.04, no Grotão - Penha um "Bloqueio" para eliminar possíveis focos dos mosquitos da Dengue. 
Muitas caixas d'água foram encontradas com tampas inadequadas e nestas foram colocadas telas de proteção e os moradores foram informados sobre os ricos e perigos da doença.

Registramos que na 6ª feira (13.04) os Agentes estarão fazendo uma caminhada de conscientização contra a Dengue na área da Equipe Regina, a partir das 9 horas.
Na CF Felippe Cardoso a integração dos profissionais da saúde é total!






























 


 




Dia do obstetra - 12 de abril

Dia do obstetra - 12 de abril

Com certeza absoluta, o dia mais importante para qualquer mulher é o dia do nascimento do seu filho, seja o primeiro, o segundo, o terceiro… não importa. Vamos até mais além: talvez o dia mais importante seja aquele em que ela descobre que está grávida.

A partir da gravidez, a vida da mulher toma outro sentido e ganha outro significado muito mais rico e privilegiado do que qualquer outra fase de sua vida. Quando um bebê está a caminho, tudo muda e nada mais tem tanta importância quanto essa vida que vem presentear o sonho da mamãe.

O sentimento da maternidade é a espécie de amor mais forte que pode ser sentida por um ser humano. O calor da notícia, somado a esperança que brota no coração daquela que vai ser mãe, são sensações extremamente intensas que transformam a vida da mulher numa fonte inesgotável de amor, compreensão e carinho.

Ter uma alma morando junto com a sua é um milagre insuperável e por isso mesmo a mãe se sente ao mesmo tempo forte para superar tudo que vem pela frente e ao mesmo tempo frágil pela enorme responsabilidade de conviver durante 9 meses com a alma de seu filho dentro de si.

E quem é o profissional da medicina que está ao lado da mulher quando essa revolução milagrosa acontece?

É ele: o obstetra!

Palmas para o obstetra que escolheu o ramo da medicina que mais notícias boas traz ao mundo e que mais coopera com a propagação da vida.

É o médico obstetra que acompanha desde os primeiros dias da gestão, através do pré-natal que é uma temporada especial de exames e recomendações sobre todos os aspectos que envolvem a concepção saudável e as primeiras providências para que o bebê se desenvolva com a melhor qualidade de vida possível.

Depois dos primeiros momentos da realização do sonho de uma mãe, o médico obstetra continua lá, firme e forte, acompanhando a gravidez em cada etapa importante. Ele é o profissional que sabe entender tudo o que se passa dentro do útero materno e conhece cada situação que envolve o feto. Por isso, a mulher fica tão segura ao seu lado, sabendo tudo o que deve saber para ajudar na concepção do seu filho.

A palavra “obstetra” vem da palavra latina “obstetrix” que é derivada do verbo “obstare”, que significa: ficar ao lado.

Ficar ao lado da mulher durante aquela que pode ser considerada a época da maior realização de sua vida é algo que ninguém mais esquece. E depois de toda essa fase de acompanhamento em meio às grandes emoções da transformação do corpo da mulher, a chegada ao mundo de uma nova vida deve ser uma das maiores experiências que um profissional pode vivenciar. Ainda mais sabendo que essa vida depende da ajuda dele!

É por tudo isso e por todo sentimento de dívida e gratidão que temos por esses profissionais da medicina que simbolizam a vida nova em toda sua abundância de promessas,  é que desejamos sempre homenagear os médicos obstetras.

Afinal de contas, além de ter cuidado das nossas queridas mães, eles foram também nossos guias para essa vida maravilhosa que temos a nossa disposição.



Terapia comunitária com o grupo de tabagismo

Terapia comunitária com o grupo de tabagismo

Nessa quarta-feira (11.04) o Grupo de Tabagismo da CF Felippe Cardoso se reuniu para uma Terapia Comunitária (á roda). Isso é mais um incentivo ao grupo que deseja realmente abolir de suas vidas o tabaco. Sob a orientação do terapeuta de comunidade sr. Anderson foi feita algumas atividades para descontração do grupo.  

 

quarta-feira, 11 de abril de 2012

Curso Introdutório Para Profissionais da Estratégia de Saúde Família de Unidades da AP 3.1

Curso Introdutório Para Profissionais da Estratégia de Saúde Família de Unidades da AP 3.1

A Coordenadoria da CAP 3.1, por meio do seus profissionais da Educação Continuada, deu início nesta segunda-feira, 9 de abril, a mais uma edição do Curso Introdutório em Saúde da Família, desta vez para profissionais da Clínica da Família Felippe Cardoso, CF Zilda Arns, CF Aloysio Novis e outras unidades.
A atividade é destinada aos profissionais que integram as equipes das unidades de saúde e terá carga horária de 40 horas. 
Os cursos introdutórios ocorrem de forma continuada, sendo obrigatórios a toda equipe nova vinculada a Estratégia de Saúde da Família.
Os profissionais da CAP, José Columbano, Eliane Glória e da OSS Viva Comunidade, Maria da Penha estavam mediando a capacitação de hoje.


Espera-se que os profissionais desenvolvam as seguintes competências após o
término do curso: 
· Conhecer ferramentas para o Diagnóstico Comunitário; 
· Refletir sobre abordagem Familiar, Coletiva e de Grupos; 
· Construir conceitos e práticas de Intersetorialidade e Integralidade; 
· Conhecer a metodologia de problematização a partir da realidade; 
· Discutir as Políticas Públicas de Saúde no Brasil; 
· Reconhecer limites na relação com os outros; 
· Praticar o Exercício da cidadania; 
· Assumir Responsabilidade social e sanitária; 
· Valorizar a cultura da comunidade; 
· Atuar com postura ética, humanista e democrática; 
· Integrar a equipe num processo de trabalho interdisciplinar; 
· Analisar os determinantes biopsicossociais do processo saúde doença; 
· Estimular a comunicação Interpessoal; 
· Valorizar as Relações humanas: Escuta ativa, formação de vínculos, empatia; 
· Coordenar o Cuidado familiar; 
· Realizar escuta qualificada e acolhimento ao Ser Humano; 
· Desenvolver visitas domiciliares e consulta familiar; 
· Organizar reuniões de equipe e com a comunidade; 
· Elaborar atividades de planejamento, incluindo monitoramento e avaliação; 
· Desenvolver práticas orientadas pela educação popular em saúde. 








                                                                       profissionais da Cf Felippe Cardoso





                                                     

                                                          médicos, enfermeiros, Assistentes Sociais

                                                                                             Fisioterapeutas, ACS






                                                               

                                                 Assessora Técnica da OSS Viva Comunidade,

                                                                                           enfermeira Penha






Infográfico

12 Grupos de Saúde
em nossa unidade.
2,450,000 Metros Quadrados
é o tamanho da nossa área de abrangência.
28.876 Usuários
beneficiados por nossa unidade.

Como eu Faço

Como eu Faço
Visita domiciliar, acolhimento e atividades de grupo
Vai Acontecer
Grupos e ações promovidos pela unidade que irão acontecer.
Conheça esta história
História contada por um ACS
Saúde nas Escolas
Integração com as escolas e creches locais.
Protagonismo Juvenil
Grupo de adolescentes que apóiam as ações de promoção da saúde existentes na unidade.
Integração
Saúde da Família e Vigilância em Saúde.
Integração
Ensino-Serviço-Comunidade
Academia Carioca
Atividade física diária pode mudar sua vida.

Contato

Fale Conosco

Entre em contato com nossa unidade, fale com nossos profissionais e tire suas dúvidas quanto aos nossos programas

Endereço

Av. Nossa Senhora da Penha, 42 - Penha - Rio de Janeiro - RJ

Funcionamento

Segunda-feira a Sexta-feira das 07h às 19h | Sábado das 08h às 12h

Telefones

(21) 3977-7661 / (21) 98464-0393

Tecnologia do Blogger.

Seguidores

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...